Resenha: Cassino Supernova no Cansei de ser Cult

Por: Alê dos Santos

Parece que o frio desanimou grande parte da galera que estava pensando em ir na Cansei de Ser Cult e o Velvet ficou um pouco vazio, mas animado. A banda Cassino Supernova fez uma mistura de cover com músicas autorais e ainda chamou Guilherme Cobelo (Korina, que já passou pela festa) e Moraes (Tiro Williams) para participarem do show. O vocalista do Tiro Williams inclusive tomou conta das picapes e tocou um “monte de rock” dos anos 60. A noite terminou com Alê dos Santos e o DJ Guima.

Semana que vem, a DJ Ana Volpe é a convidada da Cansei de Ser Cult. O DJ Maraskin e mais um DJ amador também animam a festa. E excepcionalmente essa quinta, faremos uma promoção. Quem chegar até 22h ganha cortesia e entra de graça!
Veja as fotos!

A rapaziada do Cassino Supernova em ação.

A rapaziada do Cassino Supernova em ação.

Anúncios

Sobre Coletivo Esquina
O Coletivo Esquina surgiu voltado para atender o cenário musical indepentente de Brasília e também responder por um dos pontos da cidade vinculados ao Circuito Fora do Eixo.

2 Responses to Resenha: Cassino Supernova no Cansei de ser Cult

  1. Gustavo Halfeld says:

    Ouié!

  2. Perdeu quem não foi! Showzasso! Parábens galerinha dumal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: