MÓVEIS CONVIDA: PCULT – Qual o papel de quem faz cultura na política pública brasileira?

Palestra: PCULT – Qual o papel de quem faz cultura na política pública brasileira?

publicado originalmente em http://www.moveisconvida.com.br

Qual o papel de quem faz cultura na política pública brasileira? Essa questão central levou um grupo de pessoas a se reunir e criar um movimento suprapartidário para discussão e ação em prol da cultura no Brasil, o chamado Partido da Cultura (PCULT).

Em um bate-papo descontraído que contou com a presença de Bruno César (guitarrista do Móveis), Leonardo Barbosa (Massa Coletiva – São Carlos), Vicente Sá (Movimento Viva Arte), Max Maciel (CUFA-DF), Marcus Franchi (sociólogo que coordena algumas ações do PCULT-DF) e Vinícius (representante do deputado Chico Leite), os problemas relacionados às políticas de cultura no Brasil foram discutidos.

Vinícius, Marcus Franchi, BC, Max Maciel, Leonardo Barbosa e Vicente Sá 

A palestra começou com uma introdução feita por Leonardo Barbosa, que esclareceu que a consolidação do PCULT aconteceu no contexto das eleições, quando se notou que a cultura não estava na pauta dos candidatos como prioridade. O movimento começou em alguns estados do Brasil e depois se tornou um movimento nacional.

Vicente Sá, que faz parte do Movimento Viva Arte, um movimento em prol do incentivo à cultura no DF, ressaltou a importância da criação de ações legislativas a favor da cultura.

Max Maciel do CUFA-DF mostrou os problemas enfrentados pela cultura nas periferias do DF, onde os gerentes de cultura não estão preparados, não têm autonomia e falou também do problema da falta de estrutura. Os eventos culturais são feitos no improviso porque não há espaços culturais preparados para a realização deles. Max ressaltou que eles querem sair da cultura do improviso para a cultura profissional.

Marcus Franchi comentou sobre a importância da democracia brasileira para que cada segmento consiga elaborar suas próprias pautas de governo. Ressaltou a importância do incentivo à tecnologia na cultura e disse que as pessoas precisam entender que fazer política é algo saudável, que é necessário se fazer debates em alto nível para que se possa chegar em pautas que possam ajudar os governos a elaborar seus planos no setor da cultura.

O último palestrante, Vinícius, representante do deputado Chico Leite mostrou as propostas do governador eleito Agnelo Queiróz para a cultura no Distrito Federal. Ele ressaltou que não basta as propostas estarem no papel, que a sociedade deve cobrar o governo para que as propostas sejam de fato executadas. Disse também que é necessário que o governo passe a olhar a cultura como algo essencial em seus planos de governo, assim como são a saúde e a educação.

Mais informações podem ser encontradas nos sites abaixo:

– PCULT: partidodacultura.blogspot.com

Massa Coletiva: http://foradoeixo.org.br/massacoletiva

– Viva Arte: www.movimentovivaarte.com.br

– CUFA-DF: http://www.cufadf.com.br/

Por: Giulyanne Costa

Anúncios

Sobre Octavio Schwenck Amorelli
geógrafo músico cineasta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: