viver de música, viver de cultura, viver de cinema… e viver sua vida pessoal

viver de música, viver de cultura, viver de cinema… estudar, trabalhar, ganhar dinheiro, almoçar com sua família, abrir portas, sentar num bar com os amigos…
e viver sua vida pessoal…
tem horas que tudo isso junto… ou separado parece impossível…
tem vezes também que conseguimos nos sentir plenos nessas realizações…
e tem vezes que perdemos um ente querido…
por vezes também nós vamos tocar os melhores riffs… e chegar atrasado no aniversário da própria mãe…
não vou enfatizar que viver de música é algo complicado, difícil…
viver de qualquer forma pode o ser.

Recentemente eu perdi o meu pai.
ele era roqueiro.
foi meu herói, anti-herói e vilão.
ele nunca viu um filme meu.
e da única vez que ouviu um riff tocado por mim foi numa gravação chula, de uma banda ruim, na qual eu não era feliz tocando.
esse tipo de fato me faz pensar e repensar o meu tempo.
adoro o que faço.
modestamente me sinto responsável, capaz de liderar quando é necessário… eu sei que trabalho  bem e em sintonia com minha equipe.
mas estou em sintonia com minha familia, com meus amigos….
Nesses 10 meses com o esquina eu ouvi incessantes horas de música, boas e ruins, gravei muito mais horas de video, escrevi um pouco, fiz novos amigos e parceiros… comecei a processar a idéia de empreendimento em minhas atividades.

e agora eu só quero mais….
quero que venham outros Rolla Pedra, Noites Esquina, Marteladas, Marrecos, Moveis Convida…
mas quero ainda mais ir ao cinema com minha mãe ou com a namorada, curtir mais…. almoçar com meus avós no domingo…
é possível fazer rock e família ao mesmo tempo?
sei lá… talvez… parece que sim as vezes
Estou determinado a escrever filmes e estória. Compor novas canções.
Realizar novos shows.
Espero ver vocês lá.
Mas saibam que quando eu não estiver lá… estarei curtindo as partes mais importantes da minha vida: minha família, minhas sobrinhas, minha mãe, minha casa, meu videogame.

E faço disso um convite… aproveitem os shows, os filmes… façam shows, filmes, livros… mas lembrem que é bom almoçar com a mãe no sábado… que ver a sobrinha caindo na gargalhada é muito mais extasiante!

Brigado mãe, pai, amigos, esquina.

Anúncios

Sobre Octavio Schwenck Amorelli
geógrafo músico cineasta

One Response to viver de música, viver de cultura, viver de cinema… e viver sua vida pessoal

  1. É,
    Viver de música, de arte, de cultura, para mim parece ser a melhor coisa do mundo. Talvez porque ainda não consegui viver só destas coisas.
    Para mim, na minha situação atual, e ainda por morar em um país que não valoriza a cultura, a arte e seus artistas, acho que este sonho de viver de arte será sempre um sonho platônico.
    Também amo meus familiares e com certeza é possível conciliar estas duas atividades: arte e família.
    Empreender é preciso para se chegar a viver de arte, mas nem tempo para isso estou tendo… os compromissos dessa vida capitalista, no momento não me permite dedicar o tempo necessário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: