Vontade de Potência, uma resenha sobre o Grito Rock Brasília 2011.

Vontade de Potência

Por Antônio de Luna Nogueira
Passagem de Som.
Cheguei na passagem de som. O convite para resenhar um dia de Grito Rock havia sido feito por Fernando Jatobá na quinta feira, logo após o show do Turrón. “Resenha a gente amanhã?” ele perguntou. E eu topei, marquei e furei. Foi assim que começou.

No dia seguinte, sábado, liguei e expliquei porque não havia ido. “Tranqüilo…” ele disse, “toma seu tempo.” “Beleza,” respondi, “mas hoje vou lá!” E furei de novo.

Agora, cá estou: sentado no Cult22 Rock Bar para assistir o último dia de Grito Rock Brasília 2011. É uma questão de honra! Não ia perder minha chance de dar vida à minha verve Lester Bangs (ídolo!)… E fora isso, eu tinha sido convidado, né? Convenhamos que um pouco de compromisso faz bem.

Retomando: cheguei ainda na passagem de som da primeira banda. Encontrei-me com o Octavio e a primeira coisa que ele me disse é que a noite anterior tinha sido das trevas. Lamentei não ter ido e, conhecendo o lineup daquela noite, não duvidei de suas palavras: afinal, o diabo ouve metal e seu filho é o Ozzy – ou assim dizem…

Enfim, enquanto esperava do lado de fora, sentado e rabiscando um par de idéias – esboços desta resenha – ouvi coisas interessantes na passagem de som da banda cujo nome, até então, desconhecia (mais tarde reconheci a banda: tinha escutado uma canção deles numa coletânea da “Sete Produções”). O batera estava levando uma pegada Bonhamesca. “Isso promete” pensei com cautela. Daí, acabei meu refrigerante cítrico e fui atrás de outra limonada um tanto mais alcoólica.

A partir de 21 horas.
A casa está bem mais cheia do que antes. Conversas à mesa, palavras saem enquanto entram cervejas. As pessoas vão chegando e reconheço rostos familiares que desfilam pelo local. O Tuzão está lá, o Marcelo, Igor Kawka, Rudá, os caras da 14 (dois Brunos, um Sud e um enorme Kapassa, sentado ao lado do palco), Aloízio Michael e Jamil Chequer… E nisso tudo, passa o Fernando Jatobá, de vez em quando, de um lado pro outro, fala “oi” discreto e vai nessa, continuar a produção. Converso um pouco com Marcelo, que me revela enfim o nome da primeira banda (sendo que a lista com o lineup esteve logo ao meu lado o tempo todo… Mas assim perderia a graça, não?)

Besouro do Rabo Branco
A sala estava um pouco vazia quando o Besouro subiu ao palco. Esse é o carma inevitável de primeira banda… Mas quem leva a pior mesmo é a platéia desatenta, que acaba por perder parte do espetáculo, do “Espetáculo de Pornografia” anunciado pelo vocalista.

Um rock bem trabalhado, com temperos progressivos, mudanças de andamento e pausas expressivas, tendo como base instrumental um eficiente e preciso power trio somados a um teatral cantor de saia e óculos escuros. Com uma fórmula assim, o resultado só podia ser, no mínimo, intrigante! Enquanto a sala ia enchendo de curiosos, uma guitarra com firmes raízes bluseiras deslizava no slide, enquanto letras escorregadias sobre a gênese trevosa da política insinuavam-se em meus ouvidos feito uma liturgia demoníaca:

Será que o político inventou o Diabo?

Leia mais deste post

Anúncios

e tem Brown-HÁ no Grito Rock Brasília 2011

conhecem a Brown-Há?

BROWN-HÁ TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA, SEXTA, 11-03... fotos por Natália Balbé

BROWN-HÁ TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA, SEXTA, 11-03... fotos por Natália Balbé

http://www.myspace.com/brownha
Banda de Rock’n roll energético e empolgante que vem chamando atenção e pedindo passagem, apresenta um trabalho autoral com letras bem sacadas, arranjos característicos e eficientes, capazes de agradar os mais diversos tipos de ouvidos. Um EP de 6 faixas na bagagem, coleciona apresentações em grandes festivais e não se limita às fronteiras brasilienses. Já passou por cidades pelo país inteiro, sempre se destacando pela energia e competência, trazendo de volta à capital federal diversos elogios. Influenciados pelo rock britânico atual e o rock 70’s que marcou época, a banda tem mostrado porque é uma das grandes promessas da cena brasiliense atual.

Formada por Fernando Jatobá (Guitarra/Vocal), João Paulo (Vocal), João Henrique (Guitarra), Murilo Fabrino (Baixo) e Pedro Paulo Gonçalves – Pepy – (Bateria) e caracterizada por uma sonoridade singular, a banda preza pela qualidade musical. Destaque para participações relevantes em grandes festivais como: – Festival Fora do Eixo (RJ) – Prévias Festival Calango (MT) – Festival Grito Rock (PA e AP) – Festival Bananada (GO) -Festival Quebramar (AP) – Festival Fogo no Cerrado (MS) – Festival Megafônica (PA) – Festival Big Bands (BA)

Butlerfly

Butlerfly surgiu no final de 2001, com um passado trabalhado com
outros nomes;
Black Angel, Tetzel e Butterfly . . .
Esses Nomes deram o suporte e criação no novo desenvolvimento
de seus componentes e na circovisinhança do Rock

BUTLERFLY TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

BUTLERFLY TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

Conquistou o merito de 2º lugar no Top + da Tv União, participou
de varios festivais undergrounds, seguindo na vanguarda e no apice
artistico de Fortaleza, tocando em boates, clubes e Festivais de
grande porte; contando somente com o apoio do projeto Ceará Vinil
e seus membros que permanecem com o imortal idealismo de não
somente fazer Rock n’ Roll
– Que diga “Rock.Doc”!

BUTLERFLY TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

BUTLERFLY TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

Seguindo a linha eclética que marca a sua trajetória, a banda
trabalha propagando os seus inusitados “Singles”e procurando assim,
atingir vários gostos musicais . . .
É com estes varios fios de uma corda só, que formamos BUTLERFLY.
Uma essência onde não existe dependência quimica ou fisica, pois
nosso avô, esse velho de 60 anos nos ensinou a chegar onde ele
sempre quis: Paz, Amor e Liberdade.

Local de origem da banda: Ceará – Maracanaú
Integrantes da banda:

David Flander / Baixo e vocal
Ranny / Guitarra e vocal
Gideão / Bateria
Tiago / Guitarra

Link: http://www.punkrockers.com/thebutlerfly

MORETOOLS no  GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

MORETOOLS no GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

Com o reencontro no ano de 2003 de Hudson Arsênio (Guitarra / Vocais) e Riti Santiago (Bateria) ambos ex- “Satan’s Pray”, tem-se a concepção inicial a respeito do que futuramente viria a se tornar a banda ”Moretools”. João (Guitarra) e Boca (Baixo) ambos ex- “Sons of Slaves” se juntam ao time e dão inicio as composições da banda, restava agora encontrar uma voz. Eles encontram não somente um, mas sim dois vocalistas, Rhavi ex-”Morbid Whisper” e Mário ex-”Flesh temptation” passam a dividir os vocais fechando assim a primeira formação da banda, que ainda sem nome se concentra na composição de suas primeiras musicas.

MORETOOLS TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

MORETOOLS TOCA NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

Pouco tempo depois Boca e Mário deixam a banda por motivos pessoais. O que não desanima nem um pouco os demais companheiros que continuam focados em suas composições, e agora eles também tem um nome… “Morttus”. A banda recebe então seu primeiro convite pra um show, no lançamento do CD da banda “Violator”. É realizado então o primeiro show da banda “Morttus” mesmo sem baixista. Em meados de 2004 ocorre uma nova mudança, João deixa a banda sendo substituído por Alu e o posto de baixista é finalmente ocupado por J.H. Alcantara. A banda passa a adotar o nome “Moretools” e conta com Rhavi (Vocais), Riti Santiago (Bateria), J.H. Alcantara (baixo), Hudson Arsênio (Guitarra / Vocais) e Alu Pedrotti (Guitarra), seguindo com essa mesma formação até os dias atuais. A Moretools vem ao longo desses anos se apresentando nos mais diversos shows, como Rollapedra, Porão do Rock, Duelo de Bandas, entre outros, exalando sua fúria, seja em pequenos concertos ou grandes festivais. Há 2 anos a banda lançou seu primeiro single, contendo 3 músicas e mais um vídeo, e agora a moretools está lançando seu primeiro CD, que vem tendo uma excelente aceitação pelo público e mídia especializada.


Quando os sentimentos Humanos mais Medíocres e Podres se manifestam em lugar da Razão, Os mais repulsivos sentimentos…como Ódio, Inveja, Vingança e Cinismo têm que ser expelidos de alguma maneira. Nós escolhemos a nossa.

Local de origem da banda: Distrito Federal – Brasília
Integrantes da banda:

João Henrique Alcântara – Baixo
Alu Pedrotti – Guitarras
Rhavi – Vocais
Riti Santiago – Bateria
Hudson Arsênio – Guitarras e Vocais

Link: http://www.myspace.com/moretools

Besouro do rabo Branco

A banda Besouro do Rabo Branco (Brasília-DF) estreou em 30 de Agosto de 2003 com uma proposta de música esquisita, agradável e agressiva. O repertório, composto a partir da indispensável participação de cada um dos seus quatro integrantes, Matheus Ribeiro (guitarra), Rogério Fonte Boa (bateria), Moisés Pacífico (baixo) e Gabriel Costa (voz), dialoga sempre com outras áreas do conhecimento humano – Filosofia, Literatura, Matemática, Magia, Física e Religião – numa mistura dinâmica que produz um efeito de sentido que conduz à estranheza, ao conforto, ao medo e à reflexão, instigando o público através de sua estética artística.

BESOU RO DO RABO BRANCO NO GRITO ROCK BRASILIA 2011

BESOU RO DO RABO BRANCO NO GRITO ROCK BRASILIA 2011

Fez a abertura do show do cantor e compositor Zé Ramalho em 2006 e da banda Cidade Negra em 2007 ambos na Esplanada dos Ministérios em Brasília-DF, em comemoração ao dia do Trabalhador; festival Transamérica FM, onde também se apresentou o cantor e compositor Alceu Valença; festival Tele Mig e Jambolada em Minas Gerais; festival Rolla Pedra Música do Brasil em Brasília-DF; festival Saideira BMF (Brasília Music Festival); Semana da Cultura e do Meio Ambiente em Aragarças – MT e são os idealizadores do festival Jardim das Excentricidades em Brasília-DF e realizaram as edições de 2004, 2005 e 2006. E em 2006 a banda faz shows importantes, sendo convidada a abrir o show do cantor e compositor Ventania, e do lançamento do terceiro CD do grupo Cordel do Fogo Encantado em Brasília-DF. Em 2008 a banda é convidada a se apresentar na 74º Expo Zebu, a maior exposição agropecuária do país em Uberaba – MG, dividindo o palco com bandas da cena independente de todo o país.Em 2009 a banda é convidada a se apresentar no festival Rolla Pedra Música do Brasil. O disco de estréia do Besouro do Rabo Branco será lançado no segundo semestre de 2009. Em 2010 a banda realiza uma série de shows em Brasília e outras cidades do Brasil, para divulgar o primeiro trabalho.

BESOURO DO RABO BRANCO NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

BESOURO DO RABO BRANCO NO GRITO ROCK BRASÍLIA 2011

Local de origem da banda: Distrito Federal – Taguatinga
Integrantes da banda:

Gabriel Costta – Voz
Rogério Fonte Boa – Bateria
Matheus Ribeiro – Guitarra
Luiz Paulo – Baixo

Link: http://www.myspace.com/besourodorabobranco

 

de Manaus para o Grito Rock Brasília: The Dust Road

A banda foi formada em Manaus no ano de 2006 (com o nome Contexto, a partir de 2008 a banda passou a chamar-se The Dust Road), de lá para cá, desenvolve seu trabalho voltado ao pú-blico amante do Blues/Rock. Além do quê, o estilo de suas canções buscam inspirações nas bandas clássicas das décadas de 60 e 70, Jimi Hendrix, Ten Years After, Rolling Stones, The Doors, B. B. King, Eric Clapton são alguns dos muitos nomes, sem deixar de lado a cena musical de sua cidade de origem, onde as inspirações, também surgem de bandas como: Charlie Perfume, Tulipa Negra, Platinados, Veneno da Madrugada entre outras.

the dust road toca no Grito Rock Brasília 2011

the dust road toca no Grito Rock Brasília 2011

Desde o início, a banda The Dust Road foca seu trabalho voltado as composições próprias, e tem como principal objetivo, divulga-las a todos os interesados em musica de qualidade. Neste caso, além de constantes apresentações em casas noturnas como: Porão do Alemão, Chefão, Vitrola Pub, Tenda Rock Bar e centros culturais da cidade de Manaus, o melhor e mais eficiente canal para esse fim, a internet, vem sendo o principal veículo divulgador do trabalho desenvolvido pelo grupo, pois através dela, como um importante apoio na divulgação das apresentações da banda pela cidade, mostra-se eficiente também no alcance a outras regiões.

Diante do crescente mercado musical na internet e o constante desenvolvimento de meca-nismos para esse fim: compartilhamento de arquivos digitais, redes sociais e outros, facilitadores de acesso a obras artísticas na rede, a banda The Dust Road concidera a internet, o melhor ambiente para exposição, divulgação e propagação de sua arte, rompendo a barreira do regionalismo, disponibilizando sua obra para o mundo.

the dust road toca no Grito Rock Brasília 2011

the dust road toca no Grito Rock Brasília 2011

Local de origem da banda: Amazonas – Manaus
Integrantes da banda:

Cahê Paixão – Guitarra e vocal
Leo Cólera – Contrabaixo e vocal
Collins Freitas – Teclados e vocal
Gil Santos – Bateria e vocal

Link: http://www.myspace.com/thedustroad

 

“Born to Destroy” Gandharva lança novo trabalho no Grito Rock Brasília

Born to Destroy

ouça "Born To Destroy" lançamento do Gandharva, que toca no Grito Rock Brasília em 11-03

ouça "Born To Destroy" lançamento do Gandharva, que toca no Grito Rock Brasília em 11-03

Este é a terceira obra musical do Gandharva. Nela, a banda libera  o ímpeto destrutivo presente no âmago de seus integrantes. Rock duro, rock doido, seja lá o que for, a agressividade é constante, sempre buscando destruir musicalmente antes da autodestruição.

Cada canção presente neste EP foi pensada e trabalhada durante meses a fio, amadurecida nos barris de carvalho das nossas imaginações, como um vinho criativo que vai se tornando cada vez mais saboroso a medida que o tempo passa. Ter realizado esse trabalho foi o grande objetivo do ano para nós. Seguramente, existe uma confiança muito grande no resultado de “Born to Destroy”. Em todos os mínimos detalhes existe um esmero, um cuidado para que tudo saia de acordo com as nossas melhores expectativas.

Ao longo das 6 músicas nós viajamos por estradas antes desconhecidas para nós e chegamos a um destino surpreendente. Sem dúvida, Born to Destroy é a melhor coisa que o Gandharva já fez até o momento.

Esperamos que vocês possam compartilhar esse momento conosco!

Escutem Born to Destroy em:

www.myspace.com/gandharvaofficial

http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/gandharva

 

A semana no Cult 22 Rock Bar (21 a 26-02)

Cult 22 Rock Bar (Centro de Atividades 7, Lago Norte) encerra o mês de fevereiro com a última edição da primeira temporada do projeto Quarta Unculted (23 de fevereiro), que reunirá os músicos Mãozão e Rubinho Gabba prestando tributo acústico à banda irlandesa U2.

Na sexta-feira (25) um grande encontro de duas ótimas bandas do rock brasiliense: Etno eBrown-Há.

No sábado (26) a já tradicional Bizarre Love Triangle, sempre pilotada pelos DJs Raí eRonaldo Mode, estreia no Cult 22 Rock Bar numa edição especial batizada Girls Just Wanna Have Fun: afinal, a musa pop Cyndi Lauper se apresentará em Brasília (Centro de Convenções) no próximo domingo e a festa celebrará a vinda da moça, com direito a sorteio de ingressos para o show e um repertório recheado de hits do pop e do rock da década de 1980.

E enquanto muitos cairão nas folias de Momo, outros querem fugir do Carnaval tradicional. E o Cult 22 Rock Bar prepara uma programação diferente, com cinco dias de muito rock em shows e festas. De 4 a 8 de março (sexta a terça-feira) rolará o Carnaval do Cult 22, com as presenças confirmadas das bandas The Squintz, Os Maltrapilhos, Suíte Super LuxoQuebraqueixo + DJs. Nos próximos dias divulgaremos a programação completa.

No fim de semana seguinte, de 10 a 13 de março, o bar estará sediando a edição 2011 do Grito Rock Brasília: serão 24 bandas em quatro noites. Mais informações no serviço (abaixo) ou pelo site www.coletivoesquina.com

Lembrando que nas terças e nas quintas-feiras, a entrada é franca e o som mecânico fica sob os cuidados dos DJs residentes Marcos Pinheiro e Penny Lane. Independente dos eventos, o bar está sempre aberto de terça-feira a sábado, a partir das 17h.


Confira a programação desta semana:


» Quarta Unculted
Todas as quartas-feiras de fevereiro, às 21h, no Cult 22 Rock Bar (Centro de Atividades 7, Lago Norte)
Shows acústicos na parte externa do bar com feras da música brasiliense tocando clássicos do rock
Couvert (por pessoa): R$ 10,00
Programação:
Dia 23/2 – Mãozão e Rubinho Gabba (tributo a U2)
Bar aberto a partir das 17h
Mais informações: (61) 9972-9826, 8151-9631 ou
www.cult22.com
Classificação: 18 anos


» Etno e Brown-Há
Sexta-feira, dia 25 de fevereiro, a partir das 22h, no Cult 22 Rock Bar (Centro de Atividades 7 do Lago Norte)
Show com as bandas brasilienses de rock
Discotecagem antes e após os shows
Entrada franca até 21h
Entrada (após 21h): R$ 10,00 (preço único)
Bar aberto a partir das 17h
Mais informações: (61) 9972-9826, 8151-9631 ou
www.cult22.com
Classificação: 18 anos

» Bizarre Love Triangle – edição Girls Just Wanna Have Fun
Sábado, dia 26 de fevereiro, a partir das 22h, no Cult 22 Rock Bar (Centro de Atividades 7, Lago Norte)
Festa com os DJs Raí e Ronaldo Mode numa noite temática em homenagem à presença de Cyndi Lauper em Brasília
Sorteio de ingressos para o show da cantora no Centro de Convenções
Entrada franca até 21h
Entrada (após 21h): R$ 10,00 (até 0h) e R$ 15,00 (após)
Bar aberto a partir das 17h
Mais informações: (61) 9972-9826, 8151-9631 ou
www.cult22.com
Classificação: 18 anos

E vem aí:

» Carnaval do Cult 22
De sexta a terça-feira, dias 4 a 8 de março, a partir das 22h, no Cult 22 Rock Bar (Centro de Atividades 7, Lago Norte)
Série de festas e shows de rock em pleno Carnaval com diversas bandas e DJs
Presenças confirmadas de The Squintz e Os Maltrapilhos (dia 4), Suíte Super Luxo (dia 6) e Quebraqueixo (dia 7).
Entrada franca até 21h
Entrada (após 21h): R$ 10,00 (por noite)
Bar aberto a partir das 17h
Mais informações: (61) 9972-9826, 8151-9631 ou
www.cult22.com
Classificação: 18 anos

» Grito Rock Brasília 2011
De quinta-feira a domingo, dias 10 a 13 de março, no Cult 22 Rock Bar (Centro de Atividades 7, Lago Norte)
Festival com 24 bandas (12 de Brasília e 12 de fora)
Dia 10/3 – Turrón Presidencial (DF), Desdobradores do Tempo no Horizonte Vertical (DF), The Neves (DF), Dom Capaz (MG), Sinais Invertidos de um Mágico (PA) e Novos Vinis (GO)
Dia 11/3 – Etno (DF), Darshan (DF), Brown-Há (DF), Gandharva (PE), The Dust Road (AM) e Butterflies (CE)
Dia 12/3 – xLost in Hatex (DF), Violator (DF), Moretools (DF), Uganga (MG), Mugo (GO) e Sangue Seco (GO)
Dia 13/3 – Trampa (DF), Valdez (DF), Besouro do Rabo Branco (DF), Black Drawing Chalks (GO), Evening (GO) e Hellbenders (GO)
Bar aberto a partir das 17h
Mais informações: www.coletivoesquina.com ou www.cult22.com
Classificação: 18 anos


Centro de Atividades 7, Bloco F1, loja 33 (Lago Norte)
www.cult22.com
rockbar@cult22.com
Reservas e informações: (61) 3468-4678

Trampa

e para o último dia de grito rock eu lhes presenteio com a fúria

Nascida em Brasília, berço de algumas das principais bandas do rock nacional,
a banda é formada por André Noblat (vocal), Gustavo Costa (bateria), Pedro “Bap”
(baixo), Rafael Maranhão (guitarra) e Ricardo Marinho (guitarra).
A Banda Trampa, desde a definição de seu repertório no final de 2006, tem
experimentado uma grande ascensão no cenário do rock independente brasiliense.
Sempre associada a boas apresentações e marcando presença freqüentemente em
festivais e shows por todo o Brasil, a banda Trampa mostra-se uma das grandes
promessas do Rock Brasileiro.

trampa no grito rock brasília

trampa no grito rock brasília

Entre as apresentações mais importantes podemos incluir o Festival Porão do Rock, o Festival da Rádio Mix em Belo Horizonte, o Festival de Inverno de Garanhuns – PE, a Seletiva Porão do Rock 2010 no Circo Voador onde foi uma das atrações principais, Hangar 110 em São Paulo, Programa do Jô Soares e a participação no programa Gás Sound da RedeTV onde foi semifinalista. Ainda abriu para os remanescentes da banda The Doors, agora intitulados Riders on the Storm, e tem em seu currículo ainda mais algumas passagens por Recife, Fortaleza, Goiânia, Palmas, São Paulo e Rio de Janeiro.

trampa no grito rock brasília 2011

trampa no grito rock brasília 2011

Em 2007 lançou seu EP e iniciou a produção do seu primeiro trabalho oficial. O
CD, batizado de “Te presenteio com a fúria”, foi lançado em 2008 no show “ Trampa
Sinfônica” que lotou a sala Villa-Lobos do Teatro Nacional de Brasília. No evento,
a banda se apresentou em concerto com a Orquestra Camerata do Brasil regida pelo
Maestro Sílvio Barbato. O espetáculo, todo gravado, resultou no primeiro DVD do
grupo, este lançado em 2009 em show aberto para a população do Distrito Federal.
Recentemente, o grupo lançou seu primeiro clipe “Haiti” na MTV e pretende levar seu
projeto “Trampa Sinfônica” para mais quatro cidades brasileiras.

Local de origem da banda: Distrito Federal – brasilia
Integrantes da banda:

André Noblat (vocal)
Gustavo Costa (bateria)
Pedro “Bap”(baixo)
Rafael Maranhão (guitarra
Ricardo Marinho (guitarra)

Link: http://www.myspace.com/bandatrampa

xLOST in HATEx

xLOST IN HATEx no GRITO ROCK BRASÍLIA 2011 http://www.myspace.com/xlostinhatex

xLOST IN HATEx no GRITO ROCK BRASÍLIA 2011 http://www.myspace.com/xlostinhatex

A banda xLOST In HATEx surgiu em Taguatinga em Julho de 2007, com o intuito de relatar as vivencias dos integrantes da banda através de um som pesado e marcante. Aos 3 anos de existência a banda já tocou em quase todas as cidades do DF e em diversos estados como GO,SP,MG e MT e foi recém se apresentou no maior evento de Brasília PORÃO DO ROCK 2010.

xLOST IN HATEx

xLOST IN HATEx

O primeiro trabalho “Disciplina e Honra” (EP Virtual) foi lançado no começo de 2009, e se destaca até os dias de hoje, abordando o estilo de vida Straight Edge (Hardcore Livre de Drogas).

Local de origem da banda: Distrito Federal – Taguatinga
Integrantes da banda:

Carlos Henrique e Guigows nos vocais, Wellington Mota e Raphael Kenji nas guitarras, Fábio Alexandre no contra-baixo e Guilherme na Bateria

Link: http://www.myspace.com/xlostinhatex

XLOST IN HATEX

XLOST IN HATEX

%d blogueiros gostam disto: