Esta noite – resenha da noite fora do eixo com watson, fleeting circus e club silencio.

Pra começar do início.

Eu acredito no acaso.

Pode parecer bobo, e até talvez seja, mas a primeira resenha que eu escrevi foi sobre o Watson.
Sobre aquele disco que eu ganhei de um amigo, que eu escutei uma vez, depois outra, depois outra. E depois ele foi tocando, simplesmente, e eu comecei a cantar junto. Depois, quando eu ia nos shows, eu cantava. E eu me sentia, de alguma maneira, conectado com toda a cena. Eram amigos que tocavam em uma banda.

WATSON, por nina puglia

WATSON, por nina puglia

E depois vieram outras bandas, e outros amigos que tocavam em outras bandas.
Ontem foi minha primeira participação em Noite Fora do Eixo como membro do Esquina. Outros amigos. E não existe quem não saiba a grandeza de se poder realmente conhecer uma pessoa, suas peculiaridades, as pequenas contrações dos seus músculos – num sorriso, num olhar, numa palavra. Afinal, procuramos tanto, e nos dizemos tão perdidos no meio das respostas que nos dão, mas se existir um sentido na vida, ele deve ser encontrado por algumas pessoas enquanto elas procuram qualquer outra coisa.

Procuram por outra cidade pra viver, por exemplo. Eu senti as veias do meu pescoço saltarem enquanto eu gritava as letras, que já nem lembro como aprendi. Pensei nas bifurcações do caminho enquanto olhava o rosto do Filipe, torcido, os olhos fechados com um filme passando lá dentro. Esta cidade vai sentir falta de uma das bandas mais talentosas destes anos, as pessoas vão sentir falta da pessoa. No trânsito, ninguém vai notar um carro a menos, e mesmo os mais observadores não devem perceber uma janela a menos com a luz acesa quando a noite cai no Planalto Central.
No final das contas, são todos moleques, brincando de fazer música, vendo o mundo brincar de girar, até que alguém é jogado pra fora. Me sobra um disco, que toca de vez em quando no meu som, no meu carro.
Que aparece de repente na memória, e um trecho de letra passa a fazer mais sentido. Ontem foi um grande show de despedida, de “até logo”, de “não esquece de voltar”.
Meu début, a casa cheia, as melhores vibes em tanto tempo. Outras pessoas de outra cidade, um EdMadness que me oferece uma cerveja, algumas visitas inesperadas, ruas e ruas de encontros e desencontros, e clichês amorosos, e outras duas bandas incríveis, e mais cerveja, e gritos, sorrisos e lágrimas.

fleeting circus, POR NINA PUGLIA

fleeting circus, POR NINA PUGLIA

O batera do Fleeting Circus moendo aquele setzinho do Velvet (nada é melhor para alguém com coração fraco – como eu – do que sentir aquele tanto de pressão sonora).

club silencio, por nina puglia

club silencio, por nina puglia

O Club Silêncio fritando aquele som sem sentido, sensacional, absurdo até onde valem os detalhes.

Enfim, passou.

Ficou, mas passou.

E eu não penso que as coisas voltam.

Mas elas definitivamente tendem a melhorar se a gente seguir em frente.

vá de graça pra Noite fora do Eixo! saiba como:

é bem fácil
vamos lá…
vale 1 cortesia pra próxima Noite Fora do Eixo

a primeira pessoa que mencionar o Esquina no Twitter (@coletivoesquina) com resposta correta para as perguntas abaixo ganha cortesia para a Noite Esquina Fora do Eixo, no Velvet Pub em 19 de Maio!

Aonde estão os WATSON e o que eles encontram no pacote 32?

 
 
noite fora do eixo

noite fora do eixo

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
dica: visite o YouTube da banda!

noite fora do eixo com watson, fleeting circus e club silêncio

noite fora do eixo

noite fora do eixo

Noite Fora do Eixo – Esquina

noite de indie rock com as bandas Watson, Fleeting Circus e Club Silêncio.
A noite fora do eixo é um dos eventos que integra o Circuito Fora do Eixo, em Brasília, realizada pelo Esquina em parceria com Velvet Pub, a proposta é sempre apresentar bandas de destaque da cidade junto a bandas de fora.
As noites fora do eixo do esquina são sempre embalas pelo Esquina DJ Set, grupo de discotecagem dos próprios membros do coletivo esquina que misturam grandes sucessos do universo pop com o que há de melhor da música independente nacional.
Para a edição de Maio foram convidadas as bandas:
Watson, rock brasiliense de canções que mais parecem crônicas de quem vive na cidade. com uma trajetória de 8 anos a Watson já tocou em vários lugares do país e importantes festivais como o Porão do Rock, Grito Rock e El Mapa de todos. Em 2010 lançaram seu primeiro album intitulado “Watson”.
Fleeting Circus, banda carioca com roques que poderiam embalar estádios, apesar de bem novos os rapazes estão juntos desde 2004 e vem à Brasília divulgar seu primeiro trabalho, o EP “Dream World of Magic”.
Club Silêncio, banda de Brasília que trabalha o eletrônico e o experimental com uma pegada de roque oitentista, as influências britênicas são claras, as ilusões e desilusões em suas vidas também. A Club Silêncio acabou de lançar seu terceiro album “Amor e Terror”.

veja mais sobre as bandas:

Tevê Esquina apresenta: Club Silêncio lança “Amor e Terror”

Fleeting Circus – Fake Station

Watson – Emitivi Apresenta (ao vivo)

SERVIÇO
Noite Fora do Eixo
com as bandas Watson, Fleeting Circus (RJ) e Club Silêncio
local: Velvet Pub – 102 norte
data e horário: 19/05 (quinta) as 21h
preço: R$5 até 22h e R$10 após as 22h

Tevê Esquina apresenta: Club Silêncio “Amor & Terror”

Tevê Esquina apresenta: Club Silêncio lança “AMOR E TERROR”

Show de lançamento no dia 26/03.
Teatro Eva Hertz – Livraria Cultura (Iguatemi).
Brasília/DF
DIVULGUEM E ASSISTAM E TELA CHEIA!
e se você curtiu vem pra Noite Fora do Eixo
com Watson, Fleetintg Circus e Club Silêncio!!

alguém já ouviu falar nisso?!

Noite Fora do Eixo - 19 de MAIO - Watson, Fleeting circus e Club Silencio - VELVET PUB

Noite Fora do Eixo - 19 de MAIO - Watson, Fleeting circus e Club Silencio - VELVET PUB

quem vai!?

para baixar: Fleeting Circus – Dream World Of Magic EP

olha só o que a Fleeting Circus publicou em seu facebook:
Amigos, disponibilizamos um pack com todas as músicas do nosso EP Dream World Of Magic pra download no link:
http://www.megaupload.com/?d=9AOHX3NC

O Pack contém as músicas:
01 – Come On
02 – Fake Station
03 – Hurricane
04 – Life Between 2 Paper Sheets
05- Not The End
06 – Underground

Duas fotos da banda(créditos: Leo Paiva)

e um Readme com informações de contato!

Contamos com todos vocês pra nos ajudar a espalhar esse pack pra tocar no MP3 de geral!

Só pra marcar, não esqueçam de dar um confere no nosso clipe Fake Station!
Feito com 300 reais e muita camaradagem! Hahaha! 😀

http://www.youtube.com/watch?v=upsFF7cxPXY

Forte abraço!

DIA 19 DE MAIO TEM WATSON, FLEETING CIRCUS E CLUB SILÊNCIO NO VELVET PUB.
NOITE ESQUINA FORA DO EIXO!!!

fleeting circus

clipe novo da Fleeting Circus

eles tocam em Brasília 19-05-2011 no Velvet Pub
junto a Watson e Club Silêncio
na Noite Fora  do Eixo

olha só… vai Watson…? na Noite Fora do Eixo… em Maio!

“Mais um fiasco
show vazio
sessenta pernas no chão”

Isso é tudo que eu espero que não seja.
E não será!
19 de Maio tem Watson no Velvet Pub
abrindo a volta da Noite  Fora do Eixo!
quem vai!?

leia mais sobre o Watson aqui e aqui

ou veja aqui também!

e aqui

Club Silencio lança terceiro disco hoje… ouça “Amor e Terror”

Amor e Terror: streaming e release oficial

Por: d.spot

publicado em 19/03/2011 no http://www.clubsilencio.com.br

Amor e Terror - 300 x 300

No próximo sábado, às 19h do dia 26/3 ocorre o show de lançamento de Amor e Terror no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura do Shopping Iguatemi Brasília. Abaixo você encontra as músicas, o release oficial por Cláudio Silvano e, por fim, o link para download, para aqueles dispostos a nos conceder um tweet no Twitter ou uma postagem no Facebook, meramente recomendando a página que você lê nesse momento. Basta clicar em “Pay With a Tweet or Facebook

Download for free if you pay with a Tweet!

Depois de dois discos lançados, o Club Silêncio apresenta em seu terceiro álbum o seu trabalho mais maduro, e provavalmente o mais acessível. Gravado entre abril e julho de 2010 no estúdio Sgt. Pepper’s e no estúdio Macaco Malvado (DF) por Gustavo Bill, Amor e Terror dá continuidade ao caminho traçado pela banda desde o primeiro album em 2007. 

São oito músicas que se propõem como pequenos contos urbanos, crônicas de um cotidiano narradas com certo distanciamento. Mesmo quando não usam letras para isso, o Club Silêncio utiliza-se de samples certeiros para compor o clima analítico que permeia todo o disco.

Mas talvez o fato mais notável do Amor e Terror é como a relação entre a banda e Brasília fica evidente em cada timbre e linha melódica. Está tudo ali: a arquitetura da cidade, o clima, os bares, as pessoas. A simples dicotomia contida no título do disco expressa muito bem os extremos dessa relação.

Do começo ao fim fica claro que o Club Silêncio tem uma visão – uma visão diferente, de quem acredita que a música não necessita de constrições de gênero para contar uma história. O resultado final soa como uma mistura do ritmo madchester com o experimentalismo seco do krautrock. E nunca pareceu tão certo que a proposta deveria ser exatamente essa. Mesmo não sendo.

– Cláudio Silvano é designer, ilustrador, músico, fotógrafo e responsável pelo site anorak.com.br