ô minino… arruma esse topete e venha tomar no rock, venha!

bap bap loola uh bap bap lulu rockabilly hillbilly vai tomar no rock e ajeita esse topete! 13/07, 21h, Velvet Pub - 102norte... É isso mesmo…. vamos tomar no rock!? confirme sua presença na comemoração do dia mundial do rock!!!!!!!!! https://www.facebook.com/events/256657167767178/ VAI TOMAR NO ROCK! Grande festa em comemoração ao Dia Mundial do Rock!!! Vá fantasiado de um ícone do rock e concorra a uma garrafa de Tequila!!!! Com A GIG DOS SONHOS: - Adriano Pasqua (Live Wire) - Kameni (Electrodomesticks) - Johnny (Brown-Há) - Marcelo Seabra (Ape X And The Neanderthal Death Squad) - Gustavo Halfeld (Cassino Supernova) - Iano Fazio (Etno) - Jack Coaracy (Watson) DISCOTECAGEM: - Gustavo Bill (Macaco Malvado) - Esquina DJ SET 13/07, sexta-feira, 21h R$10 Velvet Pub, 102 norte!

bap bap loola uh bap bap lulu rockabilly hillbilly vai tomar no rock e ajeita esse topete! 13/07, 21h, Velvet Pub – 102norte


É isso mesmo…. vamos tomar no rock!?
confirme sua presença na comemoração do dia mundial do rock!!!!!!!!!

https://www.facebook.com/events/256657167767178/

VAI TOMAR NO ROCK!

Grande festa em comemoração ao Dia Mundial do Rock!!!
Vá fantasiado de um ícone do rock e concorra a uma garrafa de Tequila!!!!
Com A GIG DOS SONHOS:

  • Adriano Pasqua (Live Wire)
  • Kameni (Electrodomesticks)
  • Johnny (Brown-Há)
  • Marcelo Seabra (Ape X And The Neanderthal Death Squad)
  • Gustavo Halfeld (Cassino Supernova)
  • Iano Fazio (Etno)
  • Jack Coaracy (Watson)

DISCOTECAGEM:

  • Gustavo Bill (Macaco Malvado)
  • Esquina DJ SET

13/07, sexta-feira, 21h
R$10
Velvet Pub, 102 norte!

se acalme, chega junto agora e vá tomar no rock!

se acalme, chega junto agora e vá tomar no rock!

se acalme, chega junto agora e vá tomar no rock!

É isso mesmo…. vamos tomar no rock!?
confirme sua presença na comemoração do dia mundial do rock!!!!!!!!!

https://www.facebook.com/events/256657167767178/

VAI TOMAR NO ROCK!

Grande festa em comemoração ao Dia Mundial do Rock!!!
Vá fantasiado de um ícone do rock e concorra a uma garrafa de Tequila!!!!
Com A GIG DOS SONHOS:

  • Adriano Pasqua (Live Wire)
  • Kameni (Electrodomesticks)
  • Johnny (Brown-Há)
  • Marcelo Seabra (Ape X And The Neanderthal Death Squad)
  • Gustavo Halfeld (Cassino Supernova)
  • Iano Fazio (Etno)
  • Jack Coaracy (Watson)

DISCOTECAGEM:

  • Gustavo Bill (Macaco Malvado)
  • Esquina DJ SET

13/07, sexta-feira, 21h
R$10
Velvet Pub, 102 norte!

rock é descolado, rock é fashion, rock vanguardista indie remeleixo… vai tomar no rock, bicho!

rock é descolado, rock é fashion, rock vanguardista indie remeleixo... vai tomar no rock, bicho! 13/07, 21h, Velvet Pub - 102norte... É isso mesmo…. vamos tomar no rock!? confirme sua presença na comemoração do dia mundial do rock!!!!!!!!! https://www.facebook.com/events/256657167767178/ VAI TOMAR NO ROCK! Grande festa em comemoração ao Dia Mundial do Rock!!! Vá fantasiado de um ícone do rock e concorra a uma garrafa de Tequila!!!! Com A GIG DOS SONHOS: - Adriano Pasqua (Live Wire) - Kameni (Electrodomesticks) - Johnny (Brown-Há) - Marcelo Seabra (Ape X And The Neanderthal Death Squad) - Gustavo Halfeld (Cassino Supernova) - Iano Fazio (Etno) - Jack Coaracy (Watson) DISCOTECAGEM: - Gustavo Bill (Macaco Malvado) - Esquina DJ SET 13/07, sexta-feira, 21h R$10 Velvet Pub, 102 norte!

rock é descolado, rock é fashion, rock vanguardista indie remeleixo… vai tomar no rock, bicho! 13/07, 21h, Velvet Pub – 102norte

É isso mesmo…. vamos tomar no rock!?

confirme sua presença na comemoração do dia mundial do rock!!!!!!!!!

https://www.facebook.com/events/256657167767178/

VAI TOMAR NO ROCK! Grande festa em comemoração ao Dia Mundial do Rock!!!

fantasiado de um ícone do rock e concorra a uma garrafa de Tequila!!!! Com A GIG DOS SONHOS:

  • Adriano Pasqua (Live Wire)
  • Kameni (Electrodomesticks)
  • Johnny (Brown-Há)
  • Marcelo Seabra (Ape X And The Neanderthal Death Squad)
  • Gustavo Halfeld (Cassino Supernova)
  • Iano Fazio (Etno)
  • Jack Coaracy (Watson)

DISCOTECAGEM:

  • Gustavo Bill (Macaco Malvado)
  • Esquina DJ SET

13/07

sexta-feira

21h

R$10

Velvet Pub

102 norte!

AGENDA: Vai Tomar no Rock!

VAI TOMAR NO ROCK! 13 de Julho, no Velvet Pub a partir das 21h, apenas R$10

VAI TOMAR NO ROCK! 13 de Julho, no Velvet Pub a partir das 21h, apenas R$10

 

É isso mesmo…. vamos tomar no rock!?
confirme sua presença na comemoração do dia mundial do rock!!!!!!!!!

https://www.facebook.com/events/256657167767178/

VAI TOMAR NO ROCK!

Grande festa em comemoração ao Dia Mundial do Rock!!!
Vá fantasiado de um ícone do rock e concorra a uma garrafa de Tequila!!!!
Com A GIG DOS SONHOS:
– Adriano Pasqua (Live Wire)
– Kameni (Electrodomesticks)
– Johnny (Brown-Há)
– Marcelo Seabra (Ape X And The Neanderthal Death Squad)
– Gustavo Halfeld (Cassino Supernova)
– Iano Fazio (Etno)
– Jack Coaracy (Watson)

DISCOTECAGEM:

– Gustavo Bill (Macaco Malvado)

– Esquina DJ SET

13/07, sexta-feira, 21h
R$10
Velvet Pub, 102 norte!

Fotos: Trampa no Grito Rock Brasília, por Isabelle Araujo

Ciranda em ritmo de ROCK!

Neste domingo que se aproxima, dia 11/12, vai rolar no Arena o Festival Ciranda do Rock.

Além do rock, que é sempre uma causa nobre, o festival tem o objetivo de arrecadar brinquedos para tornar mais feliz o natal de crianças carentes aqui do DF.

Dividem o palco as bandas:

Plebe Rude (DF)
Galinha Preta (DF)
Sabonetes (PR)
Hateen (SP)
The Salad Maker (SP)
Black Drawing Chalks (GO)
Apolonio (SP)
Trampa (DF)
Eskimo (RJ)
Dillo Daraujo (DF)

Durante os intervalos entre os shows, vai rolar som mecânico com o melhor do rock de todos os tempos com a equipe do Cult22 nas pickups.

Não será cobrado ingresso. Apenas a doação de um brinquedo novo ou usado em bom estado. MAS, o local é sujeito à lotação. Portanto, é bom chegar cedo pra prestigiar as bandas e pra não correr o risco de ficar de fora.

Nada é tão gratificante quanto ver a alegria de uma criança, né??

#bsbcapitaldorock

Brasília, capital do Rock

Pra quem nasceu da década de 1990 pra cá, sempre ouve aquela expressão “Brasília, a capital do Rock” e não entende muito bem o significado disso. Quem hoje está chegando na casa dos 20 anos, cresceu em uma cidade cuja cena roqueira foi decaindo gradativamente até virar um movimento praticamente engolido pelo crescimento avassalador do sertanejo universitário, funk, etc.

Percebendo a perda de espaço e, principalmente, reconhecendo a importância que o rock tem para o Distrito Federal, um grupo de bandas, entre elas Trampa, Móveis Coloniais de Acaju, Brown-Há, Live Wire, Etno, Ape X and the Neanderthal Death Squad, The Neves, juntamente com alguns produtores, jornalistas, autores de fanzines e outros agentes culturais do DF, iniciaram um movimento em prol do resgate do rock como patrimônio cultural da cidade, da (re)valorização do estilo musical e de outras ações que visam a profissionalização de agentes da cadeia produtiva do rock e a formação de público.

Esta iniciativa resultou no movimento “Brasília, capital do Rock”, que está penetrando, inclusive, na esfera governamental. E que você, consumidor/apreciador de rock, pode apoiar e contribuir para dar mais visibilidade e força a este movimento. É só assinar o manifesto, clicando nesse link: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/9185

O Esquina – Música e Cultura é parceiro desta iniciativa.

É mais bandas, mais shows, mais público e mais apoio para o rock de Brasília para o Brasil!!!!

Festival 20 anos do Cult22

Pra quem não sabe, no último mês o programa Cult22, transmitido pela Rádio Cultura todas as sextas as 22h, completou 20 anos ininterrúptos no ar. Isso mesmo! 20 anos sendo transmitido pela mesma rádio e nos mesmos dia e horário.

Mas a importância deste programa vai pra muito além do tempo que está no ar. O Cult22 é importante porque não deixa o rock morrer na programação radiofônica brasiliense. O rock está presente em 100% da programação e ajudou a lançar várias bandas importantes das cidades do DF, tais como Raimundos, Lucy & The Popsonics, Trampa, dentre outras.

O Cult22 é, sem dúvida, um patrimônio cultural da cidade, reconhecido inclusive pelo governo, que concedeu, coincidentemente no mesmo DIA que o programa completava 20 anos de existência, o título de cidadão honorário a um de seus criadores e até hoje locutor do programa, Marcos Pinheiro, que, no início deste ano, resolveu extender suas ações em prol do rock inaugurando o Cult22 Rock Bar.

Com tantas coisas pra comemorar, nada melhor que um festival, não é mesmo? E um festival tão grande e significativo como a história do Cult22: serão nada menos que 40 bandas tocando em 13 dias de festival, durante todo o mês de dezembro. É isso mesmo: durante todo o mês de dezembro, a programação do Cult22 Rock Bar estará voltada para o festival 20 anos do Cult22.

No line-up, bandas novas que estão roubando a cena do rock na cidade e bandas consagradas em décadas anteriores, que serão “ressucitadas” especialmente para o festival. Realmente serão encontros imperdíveis!!

Confira aí a programação e já marque na agenda!!!

Noite Fora do Eixo ao Extremo #3

Dando prosseguimento ao projeto Noite Fora do Eixo ao Extremo, amanhã, dia 20, vai rolar a 3ª edição no Cult22 Rock Bar.

O pau vai comer ao som de Silent Raze e Fierce Fire .

E pra comandar o som mecânico, além da Nina Puglia à frente do Esquina DJ Set, vamos ter a ilustríssima presença do Gustavo Costa, baterista do Trampa.

Do Trampa?? É, isso mesmo. Pra quem não sabe, o cara é fã de um som pesado – foi o primeiro baterista da Red Old Snake, inclusive – e vai botar o melhor do metal pra tocar.

Chegando cedo você pada só R$7!!!

 

Vontade de Potência, uma resenha sobre o Grito Rock Brasília 2011.

Vontade de Potência

Por Antônio de Luna Nogueira
Passagem de Som.
Cheguei na passagem de som. O convite para resenhar um dia de Grito Rock havia sido feito por Fernando Jatobá na quinta feira, logo após o show do Turrón. “Resenha a gente amanhã?” ele perguntou. E eu topei, marquei e furei. Foi assim que começou.

No dia seguinte, sábado, liguei e expliquei porque não havia ido. “Tranqüilo…” ele disse, “toma seu tempo.” “Beleza,” respondi, “mas hoje vou lá!” E furei de novo.

Agora, cá estou: sentado no Cult22 Rock Bar para assistir o último dia de Grito Rock Brasília 2011. É uma questão de honra! Não ia perder minha chance de dar vida à minha verve Lester Bangs (ídolo!)… E fora isso, eu tinha sido convidado, né? Convenhamos que um pouco de compromisso faz bem.

Retomando: cheguei ainda na passagem de som da primeira banda. Encontrei-me com o Octavio e a primeira coisa que ele me disse é que a noite anterior tinha sido das trevas. Lamentei não ter ido e, conhecendo o lineup daquela noite, não duvidei de suas palavras: afinal, o diabo ouve metal e seu filho é o Ozzy – ou assim dizem…

Enfim, enquanto esperava do lado de fora, sentado e rabiscando um par de idéias – esboços desta resenha – ouvi coisas interessantes na passagem de som da banda cujo nome, até então, desconhecia (mais tarde reconheci a banda: tinha escutado uma canção deles numa coletânea da “Sete Produções”). O batera estava levando uma pegada Bonhamesca. “Isso promete” pensei com cautela. Daí, acabei meu refrigerante cítrico e fui atrás de outra limonada um tanto mais alcoólica.

A partir de 21 horas.
A casa está bem mais cheia do que antes. Conversas à mesa, palavras saem enquanto entram cervejas. As pessoas vão chegando e reconheço rostos familiares que desfilam pelo local. O Tuzão está lá, o Marcelo, Igor Kawka, Rudá, os caras da 14 (dois Brunos, um Sud e um enorme Kapassa, sentado ao lado do palco), Aloízio Michael e Jamil Chequer… E nisso tudo, passa o Fernando Jatobá, de vez em quando, de um lado pro outro, fala “oi” discreto e vai nessa, continuar a produção. Converso um pouco com Marcelo, que me revela enfim o nome da primeira banda (sendo que a lista com o lineup esteve logo ao meu lado o tempo todo… Mas assim perderia a graça, não?)

Besouro do Rabo Branco
A sala estava um pouco vazia quando o Besouro subiu ao palco. Esse é o carma inevitável de primeira banda… Mas quem leva a pior mesmo é a platéia desatenta, que acaba por perder parte do espetáculo, do “Espetáculo de Pornografia” anunciado pelo vocalista.

Um rock bem trabalhado, com temperos progressivos, mudanças de andamento e pausas expressivas, tendo como base instrumental um eficiente e preciso power trio somados a um teatral cantor de saia e óculos escuros. Com uma fórmula assim, o resultado só podia ser, no mínimo, intrigante! Enquanto a sala ia enchendo de curiosos, uma guitarra com firmes raízes bluseiras deslizava no slide, enquanto letras escorregadias sobre a gênese trevosa da política insinuavam-se em meus ouvidos feito uma liturgia demoníaca:

Será que o político inventou o Diabo?

Leia mais deste post

%d blogueiros gostam disto: